sexta-feira, 27 de abril de 2007

´"anjos"

Os Anjos

Onde estão os Anjos?

Onde estão os Anjos?
Os Anjos estão aí
Os Anjos estão aí
Pare
Do lado
Ou veja
Sinta
A sua presença
Tem mistério e inocência
E o peso
Da nuvem que te toca
Pare
Com toda coisa nefasta
Esse verso de Gil
Me arrasta
Dá asas
Me faz voar
.
Cidade Negra

"mariposa"


janela de demolição

"comoda de libélula"


cômoda em satiné personalizada e puxadores de cristal

"gato cinzento"


quadro de demolição medindo 110 x 90

quinta-feira, 26 de abril de 2007

"canto de um povo de um lugar"



Todo dia o sol levanta

E a gente canta

Ao sol de todo dia

Fim da tarde a terra cora

E a gente chora

Porque finda a tarde

Vem a noite a lua mansa

E a gente dança

Venerando a noite




.


Caetano Veloso

"borboleta lilás"



esta peça recortada é de MDF mede 90 x 65

"bromélias da cultura do deserto"


detalhe da jardinagem "cultura do deserto"

"trem das cores"


A franja na encosta
Cor de laranja
Capim rosa chá
O mel desses olhos luz
Mel de cor ímpar
O ouro ainda não bem verde da serra
A prata do trem
A lua e a estrela
Anel de turquesa
Os átomos todos dançam
Madruga
Reluz neblina
Crianças cor de romã
Entram no vagão
O oliva da nuvem chumbo
Ficando
Pra trás da manhã
E a seda azul do papel
Que envolve a maçã
As casas tão verde e rosa
Que vão passando ao nos ver passar
Os dois lados da janela
E aquela num tom de azul
Quase inexistente, azul que não há
Azul que é pura memória de algum lugar
Teu cabelo preto
Explícito objeto
Castanhos lábios
Ou pra ser exato
Lábios cor de açaí
E aqui, trem das cores
Sábios projetos:
Tocar na central
E o céu de um azul
Celeste celestial
.
.
Caetano, claro!

"arara"


este quadro mede 120 x 90, é uma tela de demolição

"bananas"


"Olha a banana
Olha o bananeiro
Eu trago bananas prá vender
Bananas de todas qualidades
Quem vai querer
Olha banana Nanica
Olha banana Maçã
Olha banana Ouro
Olha banana Prata
Olha a banana da Terra
Figo São Tomé
Olha a banana d’Água..."
Jorge Benjor

"geladeira GE"


esta é um GE também dos anos 50, uma senhora conservada ne?!

Passou pelo "spa" e tá em plenas funções!

"geladeira"


Esta é uma frigidaire dos anos 50 e tá inteirona... agora no momento ela ta no "spa"... vai voltar prata Audi e com maças verdes, toda reformada, siliconada... uma tinta especial pra não enferrujar... vai durar mais 50 com certeza!
Em breve ela estará aqui pra você apreciá-la!

quarta-feira, 25 de abril de 2007

"agreste2"


Vamos viver no Nordeste, Anarina
Vamos viver no Nordeste
Deixarei aqui, meus amigos, meus livros
Minhas riquezas, minha vergonha
Deixarás aqui, tua filha, tua avó, teu marido
Teu amante...

"agreste"


"Aqui, faz muito calor
No Nordeste faz calor também
Mas lá tem brisa
Vamos viver de brisa, Anarina
Vamos viver de brisa "

Manuel Bandeira

"xilogravura"


linha inspirada na xilogravura

"animal"


pratos de cerâmica linha "pele de animal"

"banana"


prato de cerâmica em satiné

"xilogravura"



Tenho por certo que as aflições
Deste tempo presente não dá
Pra comparar com a glória que Deus,
Deus tem pra me dar
Ainda que falte forças para orar,
Sei que Deus me ajuda a caminhar
É só um tempo é um momento
Vanessa da Mata

"plátanos"


pratos de cerâmica em satiné

"cores e traços"


esta linha se chama Cores e Traços

"Eu sou uma borboleta
pequenina e feiticeira...
Ando no meio das flores
procurando quem me queira...."
música de Marisa Monte

"pratos"


pratos de cerâmica em satiné

domingo, 22 de abril de 2007

"setembro"

Esta é a Bibi... amiga! de verdade!!!!
artista cheia de conflitos e buscas....
sensível.... uma flor!

Setembro de 2006

"grafismo indígena"


Estas peças vermelhas me

levaram a pensar no urucum e daí achei que ficariam bem com traços indígenas... acho que combinou!

"traços e cores"



Esta linha chama-se "traços e cores"


e eu me inspirei no grafismo indígena...

"pimentas"



pimenta pra dar cor a sua vida....
pimenta pra dar calor ....
pimentas.....

"frutas"


cozinha da loja Apolo , RioDecor,
quadro recortado de frutas 35 x 90 , prato de cerâmica pimentas e cachepô de cerâmica pimentas

"bambus"


este quarto é da loja Apolo, da RioDecor, o quadro com moldura de pinho de riga mede 120 x 70

sábado, 21 de abril de 2007

"guarda de cama"


"Viver é uma arte, é um ofício
Só que precisa cuidado
Pra perceber que olhar só pra dentro é o maior desperdício
O teu amor pode estar do seu lado..."
Nando Reis

"bandeira"


Isto É Meu Brasil


Ô, nossa praias são tão claras
Nossas flores são tão raras
Isto é o meu Brasil
Ô, nossas fontes, nossas ilhas e matas
Nossos montes, nossas lindas cascatas
Deus foi quem criou
Ô, ôÔ, minha terra brasileira
Ouve esta canção ligeira
Que eu fiz quase louco de saudade
Brasil
Tange as cordas dos seus violões
E canta o teu canto de amor
Que vai fundo nos corações
Ary Barroso

"cultura do deserto"


linha "xilogravura" potes e cachepôs

"natureza"


Esta flor impressionante nos surpreendeu pelo tamanho, pela forma e olha só como ela é delicada vindo de uma planta como o cactos!

"geladeira de banana"


Esta geladeira é uma GE de uns 50 anos e está inteirona, funcionando em pleno vapor... foi restaurada numa oficina mecânica com tinta automotiva!
Acrílica sobre metal e verniz automotivo

terça-feira, 17 de abril de 2007

segunda-feira, 16 de abril de 2007

"bananas"

Este buffet é de madeira de demolição vindo de Minas...

"criado-mudo"

Este quarto foi preparado para receber este criado-mudo em provençal e a parede recebeu uma pintura em aquarela...

sexta-feira, 13 de abril de 2007

"bromélia2"


Este é um tampo de mesa de telefone

"leopardo"


Me preocupo em transmitir alguma expressão no olhar dos animais, na verdade eles falam com a gente...













Janela de demolição, medindo 50 x 80 , a madeira é peroba

"Bandeira"


"Isso aqui oô
é um pouquinho de Brasil iáiá
Esse Brasil que canta e é feliz feliz feliz
é também um pouco de uma raça..."

"Bromélia"


Pintura sobre madeira de demolição, tampo de mesa de centro com pé de ferro e bordas de pinho de riga.

"Amazônia"


Quadro de demolição, uma janela de peroba do campo

"Amazônia"


Linha de cerâmica em satiné

quinta-feira, 12 de abril de 2007

"mariposa"


Não somos mais
Que um punhado de mar
Uma piada de Deus
Ou um capricho do sol
No jardim do céu
Paulinho Moska

"folhas de Plátano"


Para o outono a folha: Exclusão
Para embaixo da sombra: Guarda-sol
Para todas as coisas: Dicionário
Para que fiquem prontas: Paciência
Nando Reis

"amigo"


Este é o Bob, um par pra Babaloo! Quem vem ao atelier não resiste a esse olhar.

"Fiel"

Amizade....
ela é Babaloo, guardiã...
ela nos escolheu pra sermos amigos.

terça-feira, 10 de abril de 2007

"cultura do deserto"



" é muito interessante como o cactos ensina pra gente ser forte e se sustentar com tão pouco... é uma resistência em viver e deixar viver..."

"maçãs vermelhas"


"Me ame devagarinho
Sem fazer nenhum esforço
Tô doido por seu carinho
Pra sentir aquele gosto
Que você tem na maça do rosto
Que você tem na maça do teu rosto..." Djavan

"borboleta azul"


Esta peça é demolição e um detalhe muito especial é a moldura de Pinho de Riga...

"eis-me"


Não feito, não perfeito, não completo;
Não satisfeito nunca, não contente;
Não acabado, não definitivo
Eis aqui um vivo, eis-me aqui.
Lenine